domingo, 24 de março de 2013

KARL MARX



C.E  DR. TARQUÍNIO LOPES FILHO – CETALF
Profª  Aneri Tavares
Disciplina: SOCIOLOGIA / 3º Ano-Ensino Médio
KARL MARX

"A história de toda a sociedade até hoje tem sido a história das lutas de classe." (Karl Marx)

KARL MARX (1818 -1883): filósofo, cientista social e revolucionário alemão.
ü  Contribuiu para o desenvolvimento da Sociologia ao analisar e criticar a organização social, política, econômica, jurídica, ideológica e cultural da sociedade capitalista.
Marx desenvolveu a teoria do  MATERIALISMO   HISTÓRICO.
De acordo com essa teoria Marx afirma que:
a) Podemos conhecer a sociedade concreta a partir das relações das pessoas no processo produtivo de bens materiais e,
b) Buscando compreender o estágio de desenvolvimento que se encontram as forças produtivas.

 As relações sociais de produção podem ser entendidas como a organização e interação das pessoas  e das classes na sociedade, tendo em vista a produção material e a reprodução social, a manutenção e a ampliação das relações socio-político-econômicas.

As forças produtivas são a terra, trabalho, capital e tecnologia: elementos essenciais à produção capitalista.

MARX AFIRMA QUE:
“ O MODO DE PRODUÇÃO DA VIDA MATERIAL (base econômica da produção de bens materiais) CONDICIONA O DESENVOLVIMENTO DA VIDA SOCIAL, POLÍTICA E INTELECTUAL EM GERAL (superestrutura da sociedade).”

Marx era economista e isso nos ajuda e entender a sua teoria, segundo a qual...
...a base da organização da sociedade é econômica, e a partir dessa organização surgem as outras estruturas da sociedade (instâncias políticas, jurídicas e ideológicas).

Ao estudar o Capitalismo Marx afirmava que a
jornada do trabalhador era composta da seguinte forma:
à Trabalho necessário = remunerado com o salário do trabalhador
à Trabalho excedente = mais valia , ou seja, o trabalho não pago e apropriado pelo capitalista, decorrente da exploração do trabalhador
(trabalho morto).
É da mais valia que é retirado o capital para a compra e reposição de máquinas, para aquisição de matéria prima e o lucro do capitalista.

Com esse raciocínio Marx torna-se um crítico do Capitalismo e da sociedade burguesa, por ser um
sistema e uma sociedade que exploram o proletariado de forma desumana em busca de lucro e tomada de poder.

Juntamente com Engels redigiu o famoso
MANIFESTO COMUNISTA.
Nessa obra eles convocam os(as) trabalhadores (as) do mundo inteiro a se unirem para derrubar a sociedade capitalista e iniciarem a implantação de uma sociedade socialista de transição para a sociedade comunista:sociedade sem classes sociais antagônicas, sem exploração do homem pelo homem.

Outra obra de grande importância escrita por Marx  foi O CAPITAL, sua principal obra econômica, em que realizou a mais profunda análise crítica do processo global de produção capitalista.

"Os donos do capital vão estimular a classe trabalhadora a comprar bens caros, casas e tecnologia, fazendo-os dever  cada vez mais, até que se torne insuportável. O débito não pago levará os bancos à falência que terão que ser  nacionalizados pelo Estado". (Karl Marx, Das Kapital, 1867)

(Qualquer semelhança com a crise mundial por que passamos não é mera coincidência; o aviso foi dado já faz mais de um século).

Entendendo melhor as ideias de Marx:
Ø  Para ele a história da humanidade é a luta de classes;
Ø  No Manifesto Comunista convocou o proletariado para a luta pelo socialismo;
Ø  1848à eclodiram os movimentos revolucionários em vários países europeus;
Ø  1864àfundou a Associação dos trabalhadores: objetivo de conquistar o poder pelo proletariado;
Ø  Sua doutrina pregava a derrubada da classe dominante (a burguesia) por meio de uma revolução do proletariado e a criação de uma sociedade sem classes, na qual os meios de produção passassem a ser propriedade de toda a coletividade.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário